28 semanas e, +pré natal.

Tentei postar muitas vezes essa semana mas não consegui. Ontem fizemos 28 semanas e tivemos pré natal. Como da última vez, eu não poderia voltar mais feliz da consulta. Pressão ok, peso ótimo – isso me impressiona muito, por isso sempre comento, ganhei só 700gr entre um mês e outro e, ao todo, são +3,1kg – Isaac lindão. Fizemos uma ultra no consultório mesmo, e vi Isaac liiiindo, apertadinho no ninho, socando o aparelho da US, aqueles dedinhos todos, a boquinha abrindo e fechando…o coraçãozinho batendo, o estômago. Continua cefálico – eu podia jurar que ele tinha virado, os chutes diminuíram, ele mexe agora é a barriga TODA e eu não conseguia localizar onde estava o que, mas agora pelo toque já é possível sentir a cabecinha perto da pelve, o dorso à esquerda. Eu fico muito louca de amor, fico impressionada, como Deus e a natureza são perfeitos! Uma pessoinha toda formadinha dentro de outra, meu deus, isso é muito incrível mesmo! A única coisa nova foi o GO me preparando para o pior, com as mesmas palavras: se prepare para ficar racionalmente lerda e fisicamente uma pata choca. Que daqui pra frente tudo pesa, tudo dói, tudo piora. E que não há solução a não ser: descanso, Tylenolzinho, barriga pra esquerda. E anda difícil descansar, viu, gente? Rotina, trabalho, afazeres…eu vivo exausta, parece que sempre correndo, sempre com pressa. Já que ando dormindo muito mal pedi algum paliativo. Ele me passou Pasalix, fitoterápico, pra tomar 1 ou 2x por dia pra relaxar, ajudar com a ansiedade e ver se durmo melhor. Enquanto isso: *nos preparamos pras fotos que serão feitas dia 27/06, vou estar com 30 semanas; *organizamos as coisas do chá, que merece um post especial, e vai ser dia 12/07; *D e eu nos organizamos pra ir em uma feira de bebê e gestante numa cidade vizinha na próxima semana, que Isaac ainda precisa de MUITAS coisinhas. Bjo, bjo!

Eu, hipertensa, grávida.

O resultado do estresse da semana passada foi catastrófico. Após a semana atribulada, nervosa e tal, limpei casa, lavei banheiro, normal, no sábado. Na madrugada capotei: uma dor na lombar e um estado de nervos que me fez chorar. Acabei brigando com D., chorei horrores, dormi quase 4h da manhã e no domingo estava ainda toda zambeta e muito cansada. Descansar nada, né: encontrei com uma amiga pra discutir os afazeres para o chá. Nesse auê, a pressão deu uma subidinha, foi a 14/10, mas tudo bem – avisei o GO por whazzap, fui orientada do que fazer e passou. Na segunda feira, piorei. Fui trabalhar mas antes das 9h disparei a vomitar. Nada parava. Acabei voltando pra casa, dormindo muito, ganhei 2 dias de atestado pra ficar em casa e, aí dormi, descansei, e voltei a ativa. Mas descansar mesmo vim descansar agora, no fds: com 26 semanas, lenta e pesadinha, agora tenho a companhia da minha mãe pra faxinar a casa comigo, então finalmente consegui descansar um pouco.

Fica a dica: não adianta fingir ser a Mulher Maravilha. Grávidas cansam. É preciso ter limites e respeitá-los.

Aí lembrei que não contei como vai minha vida de hipertensa.

Sou hipertensa crônica, sem causas físicas (já me viraram de ponta cabeça), apenas emocional. Qdo descobri, há 3 anos atrás, fui parar no hospital achando que estava com alguma frescura e na verdade estava com a pressão 18/10. Passei mal várias vezes, fiz milhares de exames, e cuidava mas era relapsa: esquecia de tomar remédio, nunca deixei de beber (sou MUITO festeira), tomar porres ou comer o que queria por isso. Com o tempo cheguei às mãos do melhor cardiologista da região (beijos, Unimed, te amo) que me via a cada 6 meses ou 1 ano se estivesse tudo ok.

Logo que engravidei, já ficamos de orelha em pé por causa da pressão, né. Meu médico me receitou com Metildopa 250mg 2x por dia e fomos levando, mas lá antes das 15 semanas minha pressão foi a 13/9 átoa. Resultado: fui encaminhada pro cardio, que agora me vê todo-santo-mês. Faço vários exames no consultório mesmo e etc. Na primeira consulta descobrimos que parte do meu cansaço era resultado de um coração acelerado mesmo em repouso.  Entramos com uma medicação extra (Concor 5mg, caríssimo!). Um mês depois, reclamei que eu andava dormindo em pé e ficando tonta até de olhar pra minha barriga: pressão tava baixa demais, aff. Reduzimos e ficamos com uma dose de Concor e uma de metildopa.

Essa semana tive cardio e, surpresa, a pressão está ótima, estacionada em 12/8. Mas o médico me achou deprimida. Eu realmente ando muito, muito irritada e chorona. Preocupações com grana, o cansaço da rotina, a recém vida a dois, a sobrecarga de trabalho…não ando muito legal mesmo. Mas nem por um momento lembrei que pudesse estar deprimida. Aí ele me contou que a metildopa tem uma tendência a causar depressão, mas que não me contou pra não me deixar sugestionada, já que já estou sem meus remédios. E: dormir mais e melhor e ficar firme, que já já Isaac está aí e se precisar podemos intervir.

Tenso, né, minha gente?

Espero ter uma semana melhor agora com a chegada de junho, e enquanto isso vida segue: Isaac faz feeeeestas na minha barriga! Amor maior do mundo meu filhote!