A volta dos que não foram.

Esse blog virou uma eterna sucessão de desculpas pelo sumiço, eu volto, depois eu sumo, ahahahaha…já tem muitos dias que tenho vontade de vir aqui – pq agora eu tenho notebook novo! – mas agora, ao contrário do que eu disse um tempo atrás, AGORA FALTA TEMPO SIM!

Isaac já vai fazer 6 meses essa semana. Estamos começando a IA, mas ele ainda mama em livre demanda no tetê da mamãe. Eu voltei a trabalhar quando ele tinha 4 meses, mas fui demitida e resolvi ficar só com ele por mais um tempo.

Eu continuo afirmando que minha paixão de ser mãe fazia total sentido sendo traduzida em: a maternidade me fez muito bem. Me curou de todos os males. Mal de amor, pressão alta, depressão…tudo acabou. Eu vivo pra ele, por ele e com ele.

Mas muita coisa aconteceu, e de vez em quando eu choramingo (mas não choro) a falta de tempo pra mim…a falta de liberdade…as 24h de dedicação exclusiva. O comer, dormir, tomar banho quando a cria permite. E etc.

Mas tá bom.

Vou tentar voltar a escrever, até porque o blog ainda recebe muitas visitas de…tentantes! Curioso, né? Pois é. Quero ainda falar de umas coisas que aprendi na época (se é que lembro, haha).

Preciso atualizar essa barra aqui do lado, hein? hehe!

12523009_10206023256480985_2927007740662602462_n

(meu amor maior!)

 

O puerpério.

Eu me preparei para o puerpério como quem se prepara pra guerra. Li muito, tanto livros como blogs que falavam sobre o lado B da maternidade. Marquei psiquiatra para 15 dias após o parto, já esperando que ia estar muito louca e precisando voltar pros meus remédios (que acabei ficando sem na maior facilidade durante a gravidez toda), ainda mais por tudo que aconteceu na gravidez. Tive muito, muito medo. Esperei o baby blues, a depressão pós parto…e ela não veio. Ê TODAS COMEMORA o/

Qdo tivemos alta do parto do Isaac, questionamos a pediatra que achamos Isaac meio amarelinho. A filha da puta, com o coombs indireto positivo em mãos, disse que não – mas insistiu muito pra que vissemos outro pediatra ainda aquela semana. Logo, dois dias depois de sairmos do hospital com Isaac, internamos novamente em outro hospital pra que ele fizesse banho de luz devido à icterícia. Minha raiva da médica é que, isso foi um processo muito desgastante, que poderia ter sido evitado, fazendo o banho de luz ainda na maternidade. Lá se foi por água abaixo o começo do meu ‘resguardo’.

Pq nem D nem minha mãe pareciam levar a sério ou entender a gravidade de facilitar um minuto e deixar Isaac tirar o óculos de proteção. Eles simplesmente dormiam como se nada estivesse acontecendo. Fiquei paranóica com isso e não consegui dormir e/ou descansar um minuto durante as ~36h que ele esteve internado. E, acho que ali nasceu minha força.

Eu inchei terrivelmente, fiquei deformada, não senti meu pé direito durante vários dias (confesso que tive medo de dar algum problema). Tive uma alergia horrorosa ao absorvente. Sentia muita dor. Queria ir pra casa, queria meu pequeno em casa, dar banho, cheirar. Andava pelo corredor de madrugada quando todo mundo dormia, e só eu e uma outra mãe com bebê chorando estavam acordadas naquele hospital todo escuro. Foi horrível. Daí eu virei uma leoa. 

E nos dias seguintes abracei minha cria com todo carinho e cuidado e não senti baby blues. Uma coisa MUITO importante teve total influência nisso: eu tive muito apoio, uma ‘base’ que foi fundamental. Apoio incondicional de D, com o bebê, o dia a dia, a amamentação, minha recuperação. E apoio incondicional da minha mãe, que cuidou da casa, da minha alimentação, de roupa, limpeza, etc. Eles formaram um ‘tripé’ de cuidados que foi tudo pra mim. Então eu não tive preocupações. Eu tive exatamente o que eu desejava: todo o tempo livre pra cuidar do meu bebê, curtir e conhecer ele com calma.

Em momento algum eu tive insegurança, senti que não soubesse o que fazer em relação a algum cuidado com Isaac. Eu nunca cheguei a chorar no banho, sentir tristeza, vontade de fugir, ou etc. Tive o cansaço dos primeiros dias, normal, mas reagi muito melhor do que o esperado – e ouvi isso de muita gente, o que me enche de orgulho.rs A maternidade aqui chegou e se alojou de forma muito natural. Não houve medo, despreparo, solidão…o ‘novo mundo’ da minha vida chegou com uma delicadeza deliciosa e me mostrou que minha paixão de ser mãe fazia parte de um plano muito maior e eu estava preparada. Só mesmo Deus sabe o quanto sou grata por ter reagido tão bem.

Aí eu desmarquei o psiquiatra. E não voltei pros meus remédios. E não senti falta. O mérito tb é de Isaac. O bebê mais lindo e dócil que conheço, mesmo nas madrugadas, o que com certeza também ajudou nessa vitória. 🙂

[foto do newborn]

[foto do newborn]

33 semanas e como foi o ensaio-gestante.

Depois de um mês de sumiço, tem que ter muitas novidades, né, gente? Além do cansaço dos dias, da gravidez, meu note anda uma porcaria pra carregar – então dá muita preguiça ligar!

Com 30 semanas, D e eu participamos do ensaio gestante. Era um dos meus sonhos de grávida: as fotos! D apesar de odiar fotos, fez elas comigo direitinho, super colaborou. Foi presente de um amigo fotógrafo super querido que tem acompanhado nossa história. No dia, a pousada que pretendíamos usar estava ocupada – então fomos pra uma cidadezinha turística vizinha. Estava um dia lindo de sol, as fotos ficaram bem bonitas e, o melhor, não gastamos nada! Montagemzinha com a prévia pra não mostrar demais 😉

Prévia do ensaio.

Prévia do ensaio.

Eu levei três trocas de roupa, sendo uma saia longa azul e branca com top azul (que paguei o olho da cara pra comportar os peitões da grávida), uma saia verde bem velhinha com top branco + arco íris (a saia foi totalmente ao acaso, pq ela é bem velhinha mesmo, e foi a que mais usei!) e calça preta + bata branca divina que comprei pras fotos tb. No fim acabei fazendo mais fotos de saia e top, nem cheguei a usar a bata…ainda faltam muitas fotos pra pegar e ver o resultado todo. Fomos até o fimzinho do dia, escureceu com a gente lá, ficou SUPER frio. Mas as fotos ao por do sol ficaram lindas.

Levamos de acessórios algumas coisinhas do Isaac, um colar com pingente de menininho que ganhei uns dias antes e o nome dele em papel colorplus (um papel durinho que fica de pé) que eu havia encomendado para o chá de fraldas. Mas ainda não vimos as fotos todas.

As fotos ficaram liiiindas e renderam muitos elogios, pra nós e pro fotógrafo! ❤

Estou ansiosa pra pegar as outras, enquanto isso volto já já pra contar do chá do Isaac! sobre ter feito elas com 30 semanas, foi cedo ou não: pra mim foi o ideal. Já estou ficando bem mais cansada agora e com o rosto mais inchado, depois ia acabar não curtindo as fotos!

Essa foto foi feita de uma vez e, tão naturalmente, que depois tentamos repetir ela mais 3x e não deu!rs

Essa foto foi feita de uma vez e, tão naturalmente, que depois tentamos repetir ela mais 3x e não deu!rs

 

IMG-20150817-WA0008IMG-20150819-WA0023IMG-20150819-WA0021IMG-20150817-WA0000IMG-20150817-WA0007

Feira do Bebê: eu fui!/vale a pena?

Como disse no último post, eu e D fomos a uma Feira do Bebê numa cidade vizinha.

Andei tendo uns ataques de insegurança, achando que Isaac ainda precisava de muita coisa, faltava roupinha! Tenho cuidado das coisas dele e tal, mas a grana andava curta, D distante dos ‘preparativos’ e rolava uma certa ansiedade desesperada. Faltava, sim, muitas coisinhas, mas a verdade é que acompanhar grupos do Facebook deixa a gente meio desorientada tb. Tem que ter pé no chão pra não degringolar nas compras.

Conversando, pensamos: vai em SP comprar mais barato? compra na cidade caro mesmo? (acho coisas de bebê muito caro) ou…numa cidade vizinha ia ter uma dessas feiras de bebê que costuma ter só nas capitais. Dava 200km ida e volta, 2h de carro…achamos que então compensava (depois de trocar informações com algumas amigas do Face e tb de fuçar bastante o link das lojas que estariam lá). A feira era de terça a domingo, mas como ia ficar meio contramão os outros dias e pra não correr o risco de no fim de semana estar LOTADO, ligamos o gps, botamos um tênis e fomos no primeiro dia mesmo.

Os preços compensam? Sim, mas é preciso pesquisar. Chegar e dar uma andada na feira toda pra ver se acha o que vc está procurando, onde e por quanto. Pesquisei muito as bolsas e, comprei sim por um precinho bacana: pagamos 230,00 em uma bolsa média e uma pequena, beges, com o urso-tema do quarto dele, um courino bem macio e gostoso! (Mas vi kit de 575,00 (juro!) com 3 malas muito feias, e outro de R$240,00 com uma até de carrinho, mas com um material super fraco! Sou ‘pão-dura’, mas sou exigente!) Na minha cidade eu só achava as duas em torno de 330,00 reais e de um plástico bem vagabundo e fedido! Bodies da Best Club, que paguei entre 17 e 22 reais aqui na cidade, paguei 12,99 lá – amo o tecido macio e as estampas ‘menininho’ deles! Macacões de plush variando entre 14,99 e 26,99, calças e bodies lisos por 5 ou 6 reais. Compramos muita coisinha que faltava: mais bodies, cueiros, calças, shortinhos, macacão, combo touca+luva+sapatinho (caríssimos na cidade!), meinhas…mas nada exorbitante, é bem o suficiente pro começo mesmo, acredito.

Fora isso, comprei uns ‘luxos’ que eu queria e ainda não tinha me dado o direito de gastar: roupinhas e mantas de linha mais fofos e chiques, macacão + manta pra saída (que na verdade usarei como entrada, explico depois), uns poucos sapatinhos…UM URSINHO DE PELÚCIA PRO CHÁ, hahahahaha. O tempo voou, ainda tivemos um problema com um cartão (debitaram 3 vezes uma única compra nossa) e perdemos alguns preciosos minutos, no fim queria ter olhado mais algumas coisas que não deu tempo! Comprei tb sutiã de amamentar – aqui na cidade é cerca de 58,00, paguei 30,00 lá, mas como já comprei pijama pra maternidade e tal, nem cheguei a explorar as bancas de roupa gestante, não era o foco.

Mas o mais gostoso de tudo foi estar com o D. Ele super participativo, não é pão duro (como eu, haha), tem um super bom gosto, bem humorado, carregando minhas sacolas, hahahaha…foi um programa a dois e tanto! A minha dica é que vale a pena. A feira é super organizada, limpa, sem barulho e não estava lotada. Vá com tempo, leve dinheiro (tem lugares mais baratos e há coisas carinhas tb, e vc vai querer um pouco de tudo), roupa confortável, bolsa pequena e pes-qui-se!

Ainda da importância de pesquisar: vi um protetor de pescoço por 19,90. Depois vi por 28,90. E no fim paguei 15,90, sendo que todos são iguais! o.O

Bodies da Best Club: amo! <3

Bodies da Best Club: amo! ❤

Roupinha de linha 3x1 - colete, body e calça, escolhido pelo pai, uma fofuuuuuura!

Roupinha de linha 3×1 – colete, body e calça, escolhido pelo pai, uma fofuuuuuura!

AMO esses apliques na bunda!

AMO esses apliques na bunda!

E eu me sentindo lindíssima com 29 semanas!

E eu me sentindo lindíssima com 29 semanas!

 

Meio kg de Isaac!

Filho, sua mãe anda lerda. Fiz o exame e não perguntei seu peso. Ontem qdo peguei o laudo e vi quase 500gr de bebê, chorei – em pé sozinha numa esquina de uma das avenidas mais movimentadas da cidade – chorei, chorei. Vi a foto do seu pézim, que me chuta tanto agora, e chorei mais. Esse choro é tão raro, filho! Emoção com felicidade, coração cheio de amor… Que felicidade vc tão perfeitinho e bem cuidado aí dentro!

morfológica21semanas

Isaac na morfológica com 21s + 1d está com 433gr e 24,7cm. Um coraçãozinho a 144bpm, todo formadinho e perfeitinho. Fizemos com doppler por causa da hipertensão, mas está tudo certinho! Mamãe morrendo de amor!

15 semanas e a TN (post atrasado!)

Oi, gente. Nossa, sumi, né? O.O eu mudei de casa já vai fazer um mês…e cá estou eu sendo enrolada pela operadora enquanto espero a instalação da internet. Viver de 3G não é fácil! Fiz esse post dia 12 e só hoje na casa da minha mãe que vou postar, aff! Vamos as novidades. 

Hoje, dia 12/03, quinta feira, fazemos 15 semaninhas! Meu cisco já não é do tamanho de um cisco mais, é uma maçã! Desde uns dias antes das 12s, os enjoos passaram. Ficou só um sono insuportável (essa semana peguei no sono trabalhando, shame on me) e os seios bem doloridos! Até a fome passou. Mudei o horário da minha vitamina e meu apetite diminuiu bastante.

No dia 26/02 fiz a ultrassom morfológica do 1º Tri, a famosa TN. Tava ótima até estar na sala de espera, onde parecia que ia enfartar! Gelada, me tremia inteira, tensa. (E D jogando no celular, tranquilão!) Foi nosso primeiro encontro oficial com mãozinhas, pezinhos, narizinho…ah, gente, que paixão! Parece que é quando cai a ficha que existe MESMO alguém dentro de vc! D foi comigo e estava lá segurando minha mão todo o tempo. Eu não chorei…escorreu uma lágrima e depois eu ri, ri, ri, igual uma retardada, hahahahah. Ri do médico pedir pra ‘segura um pouquinho pra gente ver aqui’. O bebê estava bem quietinho, sossegado, e perfeitiiiiinho perfeitiiiiiiiinho. Com 7,3cm e TN 1,5, coraçãozim a 156bpm.

wpid-img_20150227_192621219.jpg

Pessoinha mais lindo do mundo!

wpid-img_20150227_192537356.jpg

Fiquei felicíssima, mas confesso que me desliguei um pouco. A mudança de casa, preparativos do casamento, a nova rotina…me tiraram um pouco do rumo, fiquei muito tensa e chorona uns dias.

No dia 09/03 tivemos consulta com o GO. GANHEI MEU CARTÃO GESTANTE, aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee finalmente uma grávida oficial, como diz meu médico! A mamãe aqui ganhou meio kg, nossa dpp alterou pra 03/09 e pudemos ver nosso pequeno no ultrassom do médico. Lindo, serelepe, mexendo muito! (pelo Angel Sounds eu andava sacando que tava rolando um movimento festeiro). Sacudindo mãos, levantando perninhas, esticando a cabeça beeeeeeem pra trás…fica todo tortinho, lindo de viver. Ganhei mais um pedido de ultra pra fazer lá pelas 18 semanas, pra ver se vemos o sexo, antes da morfológica.

Eu ando muito ansiosa, e meu médico saca muito isso. Conversou muito, pediu calma, pra pensar positivo, me deu mais um US pra me acalmar sempre, e com a pressão a 13/9, passou meu Aldomet pra 8/8h e me pediu pra marcar com meu cardio e ligar pra ele. Que vão, juntos, alinhar meu tratamento pra manter a pressão bonitinha. Isso me deixou mais confiante, de verdade. Andava achando meu médico desligadão!

Desse dia em diante eu desabrochei com minha gravidez. Estou feliz. Sem grana, bateram no meu carro, correndo pra terminar os preparativos do casamento…mas feliz. Tem outras coisas pra comentar, mas eu volto depois.

E semana que vem, essa hora, já estarei casada!

8 semanas.

Oi, gente! Eu sumi, né? Ando com a cabecinha na lua, envolvida com tantas coisas diferentes…hoje nós fazemos 8 semanas + 1 dia e eu trouxe a fotinha do Cisco, com 6 semanas, que não postei:

Bebê com 6 semanas, no dia 15/01.

Bebê com 6 semanas, no dia 15/01.

Nessa US já vi e ouvi o coraçãozinho batendo, mas não é impressionante como é pequenininho? *.* Agora só vamos nos ver dia 26/02, na TN, e estou à deriva, pq o Angel Sounds ainda não captou nada!

Falar um pouco do comecinho da gravidez: a sensação do ênjoo, mesmo sem vômito, é bem ruimzinha! A sensação é de estar em alto mar o tempo todo (eu enjoo quando embarcada). Tem dias que nem aparece e tive uns 3 dias bons, direto, cheguei a preocupar. A fome é sempre, aparece toda hora, e é aquela fome de ter urgência pra comer. O sono não senti diferença ainda. Os seios estão bem grandes, tem dias que incham e ficam bem quentes e doloridos, os mamilos enormes…são muitas mudanças! Só tirei uma foto da barriguinha até hoje – além de estar já um pouquinho acima do peso quando engravidei, tenho inchado muito. Meu intestino não está funcionando nada, e isso também não ajuda! E, o pior: estou CHEIA de espinhas.

Já fiz exames e já levei no GO e está tudo ok! Os remédinhos que estou tomando são: Natele, vitaminha pré natal pra tomar até a amamentação – eu estava sentindo muita fraqueza antes dela, agora melhorou; Meclin, pros dias de mal estar; e pra mim que sou hipertensa, Aldomet 2x no dia. Esses dias também estou tomando Tamarine pra ver se ajuda o intestino.

Estou me soltando mais com a gravidez esses dias e começaram a surgir as primeiras dúvidas. Primeira coisa é que tinha recém renovado meus jeans e gostaria de usar eles mais tempo – e tb ainda é cedo pra calça gestante. Algumas já estão incomodando! Já havia lido sobre o MammyBelt e agora lembrei, mas gostaria de uma fonte confiável se vale a pena! Alguém?

Bjos grandes, voltamos em breve!