como eu contei do positivo.

Oi, gente! Eu sumi, né? Nem respondi ainda todos os comentários queridos que recebi, mas prometo que vou! Foram uns dias nebulosos.

Quando contei da história do positivo, fiquei devendo contar como contei pra D e a família, né? AAAAh que momento sublime, delicado, mil vezes pensado, imaginado…pra dar tudo errado! HAHAHAHAHAHA a verdade é que eu nunca tinha imaginado muita coisa, não. Mas tb não tinha pensado em atropelar tudo. Já começou errado que testei sozinha, né, achando que ia dar negativo. Qdo dei de cara com a segunda linha, disparei a gritar minha mãe do banheiro. Como no dia anterior eu tinha passado mal, a família inteira estava de orelha em pé (sou caçula e filha única, muito mimada!). Em menos de uns segundos minha mãe, um irmão e outra irmã já estavam sabendo. Na mesma hora liguei no celular de D, que estava trabalhando, e eu estava tão agitada que eu não lembro nem o que falei. Em seguida, tb pelo celular, tentei acordar a Evelyn (deu certo depois de uns 20min) e a The, minhas companheiras esse tempo todo. E aí foi uma bola de neve. D contou pros pais e irmãos e pra avó, e depois do segundo beta minha mãe já tava doida sem poder falar pra ninguém: pegou o telefone e ligou pra TODOS meus irmãos, hahahahaha. Eu contei pra algumas amigas mais chegadas e dado alguns ‘escapes fofocais’, alguns outros já estão sabendo. Mas, em geral, é bem pouca gente!

No domingo, por impulso, sem combinar, toda minha família se reuniu aqui nos meus pais. Meus irmãos, cunhadas, filhas, namorados, D. Um almoço pra me ver e me mimar virou uma festinha que foi até de noite. Muito bom receber carinho assim! Eu imaginava que uma gravidez minha fosse mobilizar a família, mas mesmo assim foi gostoso demais de ver! Um carinho inédito de receber!

E as notícias pós positivo são: eu fui num GO que não é o meu semana passada, meio que no desespero – e pq, junto com o positivo, chegou uma gripe bem forte que inflamou minha garganta, deu febre, foi bem tenso sem poder tomar nada. No fim das contas, a The me socorreu mais que o médico, e eu segurei as pontas com paracetamol de 8h em 8h, mel e limão, e muita água, até a febre passar e a garganta melhorar. Esse médico fez uma ultra que só deu pra ver o saco gestacional, com tamanho indicando 5 semanas. Me deu mil parabéns, disse que meus betas estão lindos, pra eu não me preocupar e fazer uma trans pra determinarmos a idade gestacional, que como tenho SOP não dava pra ter certeza da minha ovulação, mas pra eu ficar tranquila que o mais difícil eu tinha conseguido. Fiquei feliz de ver o saco gestacional no lugar certinho, mas sabe como é mãe de 1a viagem, né? acho que eu já queria ver um bebezão formado, mãos, pés, nariz, tudo! hahahahahah Aí passei uns dias meio aérea, preocupada…e também enjoada. Passei mal duas vezes de fraqueza, e depois ficou só o enjoo. Tem coisas que não descem, tipo arroz. Eu nunca mais comi arroz sem dar muuuita ânsia. De ontem pra hoje desisti.

E como está muito calor, tb dei uma sossegada de ficar zanzando na rua, pq não aguento – sexta saí com minha mãe pra terminar de comprar meu enxoval e, batata, passei mal na rua, custei a dirigir até em casa. Sábado fui pro clube com D: passei mal tb. Hoje eu estou sossegada, mas até isso assusta! Muitas preocupações essa fase!

Amanhã tenho a primeira consulta com o GO – o meu mesmo, que vinha me acompanhando, embora eu ainda não saiba se meu parto vai ser com ele. E quinta tenho a trans agendada no fim do dia, ver se conseguimos ver o cisco, ouvir o coração, enfim! Ansiedade a mil!

Anúncios

a história do positivo.

Gente, quantos comentários queridos, carinhosos, cheios de energias boas! *.* voltei pra contar a história do positivo! (história longa, recomendo ler sentado :p )

Quem viu o post do ciclo que eu achei que tinha zerado não deve estar entendendo nada, né? Então. O Desejo de Bebê é pra narrar a vida e também servir de informação…mas, ó: não faço a menor ideia do que aconteceu! Nesse dia do post eu já parei a TB, parei de anotar os dias de ♥…podia dizer que relaxei, mas não relaxeeeeeei, né, veio a história da prolactina, fiquei triste, chorei, conversei com D: como diz a The, acho que eu já estava grávida e não sabia, daí a alteração, sabe de nada, inocente, hahahah…aí veio o fim de ano. eu e D felizes, apaixonados, grudados. Um vinhozinho no natal, uma cervejinha e muuuita dança no ano novo. E no dia 1 eu estava um pouco ‘mareada’, mas achei que era normal, de ter comido demais, ou de ter ficado deitada o dia todo…

Dia 2 fui trabalhar e passei mal. Passei mal de manhã, a tarde. Vim embora mais cedo. Vomitei, tomei um sal de frutas, um banho e cai na cama. Dei um alvará de soltura pra D ir no cinema sozinho – de tão ruim que eu estava – e de lá ele questionou pq eu não testava de novo. Nesse meio tempo estava conversando com a Evelyn, que questionou tb: pq não? Saí de casa pra comprar um teste era 22h, tirando o carro da garagem e dizendo ‘eu sinto que não estou grávida’. Tava tão ‘esperando’ que comprei dois testes de gravidez e um pacote de absorventes, HAHAHAHAHAHAHA. E, relax, evitando a frustração, nem quis fazer no mesmo dia, deixei pra fazer no outro.

No outro dia acordei, pensei em não levantar (com medo de não dormir de novo, hahahah), mas pensei: faço rapidinho, mando uma msg pra D avisando que deu negativo e volto a dormir. AÍ.

Fiz xixi no potinho, botei o palitinho…e rapidinho subiu aquele tom de rosa forte. Em poucos segundos apareceu uma linha…e então a outra. E eu: O QUÊ? (o resto dessa história vem em outro post). Fiquei pirada, achei que o teste tava com defeito, e quem disse que eu conseguia fazer mais xixi pra fazer outro? Levou uns 40 min! Nesse meio tempo até me perguntar se o xixi era meu mesmo eu me perguntei, sendo que eu tava sozinha no banheiro, hahaha. Bebi muuuita água, fiz o segundo – é o mais clarinho, com a urina mais diluída. Cerca de 1h depois colhi o sangue do 1o beta, que levou 2h exatas pra ficar pronto. O número mais lindo do mundo: 2.252! Quando cheguei em casa fiz mais um teste de farmácia – por isso tem 3 na foto – um Confirme Compact que eu tinha guardado na Caixa dos Sonhos (#ficaadica: não gostei, preferi ele em tira mesmo!). Gente, que delícia que é ver as duas listrinhas no teste! E eu achei que elas eram lenda!

Mesmo assim, passei o fds ligadíssima, preocupada, será que tava tudo certo? O cisco tava bem?  O beta ia evoluir? Até ontem pegar o segundo beta, pra ver a evolução, e ver um número mais lindo ainda! Beta LINDÃO! Dobrado!

wpid-20150105_204826.jpgGente, eu estou mesmo grávida! Tem um cisco na minha barriga! Que alegria, que benção, que paixão!

Estou feliz, fiquei bem mais confortável depois do segundo beta, mas tou cheio de minhocas na cabeça. Amanhã tenho a primeira consulta de pré natal e eu estou torcendo muito pra poder ver (quem sabe ouvir?) alguma coisa já! Feliz demais. Volto pra contar a reação de D e da família, como estão as coisas e etc…é que fiz esse post ontem, mas ele sumiu! Aí voltei hoje pra contar.

Obrigada por todas as felicitações, gente. Quero agradecer, sobretudo, a The, que tem me socorrido o tempo todo desde que virei tentante, e agora está me socorrendo sendo gestante! *.* Continuem orando por mim e por meu cisco, que Deus abençõe e proteja ele!