O puerpério.

Eu me preparei para o puerpério como quem se prepara pra guerra. Li muito, tanto livros como blogs que falavam sobre o lado B da maternidade. Marquei psiquiatra para 15 dias após o parto, já esperando que ia estar muito louca e precisando voltar pros meus remédios (que acabei ficando sem na maior facilidade durante a gravidez toda), ainda mais por tudo que aconteceu na gravidez. Tive muito, muito medo. Esperei o baby blues, a depressão pós parto…e ela não veio. Ê TODAS COMEMORA o/

Qdo tivemos alta do parto do Isaac, questionamos a pediatra que achamos Isaac meio amarelinho. A filha da puta, com o coombs indireto positivo em mãos, disse que não – mas insistiu muito pra que vissemos outro pediatra ainda aquela semana. Logo, dois dias depois de sairmos do hospital com Isaac, internamos novamente em outro hospital pra que ele fizesse banho de luz devido à icterícia. Minha raiva da médica é que, isso foi um processo muito desgastante, que poderia ter sido evitado, fazendo o banho de luz ainda na maternidade. Lá se foi por água abaixo o começo do meu ‘resguardo’.

Pq nem D nem minha mãe pareciam levar a sério ou entender a gravidade de facilitar um minuto e deixar Isaac tirar o óculos de proteção. Eles simplesmente dormiam como se nada estivesse acontecendo. Fiquei paranóica com isso e não consegui dormir e/ou descansar um minuto durante as ~36h que ele esteve internado. E, acho que ali nasceu minha força.

Eu inchei terrivelmente, fiquei deformada, não senti meu pé direito durante vários dias (confesso que tive medo de dar algum problema). Tive uma alergia horrorosa ao absorvente. Sentia muita dor. Queria ir pra casa, queria meu pequeno em casa, dar banho, cheirar. Andava pelo corredor de madrugada quando todo mundo dormia, e só eu e uma outra mãe com bebê chorando estavam acordadas naquele hospital todo escuro. Foi horrível. Daí eu virei uma leoa. 

E nos dias seguintes abracei minha cria com todo carinho e cuidado e não senti baby blues. Uma coisa MUITO importante teve total influência nisso: eu tive muito apoio, uma ‘base’ que foi fundamental. Apoio incondicional de D, com o bebê, o dia a dia, a amamentação, minha recuperação. E apoio incondicional da minha mãe, que cuidou da casa, da minha alimentação, de roupa, limpeza, etc. Eles formaram um ‘tripé’ de cuidados que foi tudo pra mim. Então eu não tive preocupações. Eu tive exatamente o que eu desejava: todo o tempo livre pra cuidar do meu bebê, curtir e conhecer ele com calma.

Em momento algum eu tive insegurança, senti que não soubesse o que fazer em relação a algum cuidado com Isaac. Eu nunca cheguei a chorar no banho, sentir tristeza, vontade de fugir, ou etc. Tive o cansaço dos primeiros dias, normal, mas reagi muito melhor do que o esperado – e ouvi isso de muita gente, o que me enche de orgulho.rs A maternidade aqui chegou e se alojou de forma muito natural. Não houve medo, despreparo, solidão…o ‘novo mundo’ da minha vida chegou com uma delicadeza deliciosa e me mostrou que minha paixão de ser mãe fazia parte de um plano muito maior e eu estava preparada. Só mesmo Deus sabe o quanto sou grata por ter reagido tão bem.

Aí eu desmarquei o psiquiatra. E não voltei pros meus remédios. E não senti falta. O mérito tb é de Isaac. O bebê mais lindo e dócil que conheço, mesmo nas madrugadas, o que com certeza também ajudou nessa vitória. 🙂

[foto do newborn]

[foto do newborn]

comprinhas de gestante.

Oi, meninas! Senta que o post é grande! Hoje quero contar um pouquinho do que anda recheando meus dias até o momento, minhas poucas comprinhas de gestante! Está na ordem que fui comprando.

A mais MAIS, troféu #thebest até o momento, não foi bem de gestante – eu era desejante ainda, hahaha. Mas, olha, não me arrependo. Estou num grupo de gestante que a dpp de todo mundo é a mesma (setembro) e, o que teve de mãe correndo pra comprar agora…entre a primeira US e a TN, se não houver nenhum problema (e ninguém quer ter), a maioria das mães ficam no escuro! Nessa hora não tem coisa melhor do que deitar a noite com o aparelhinho e escutar o tum tum mais gostoso do mundo…tão rápido! Eu adoro, me sinto bem em saber que o bebê está bem, e vai criando uma conexão. Só ouvi a partir da 10a semana e testei: com um hidratante bem fininho (li por aí): não prestou, ouvi nada; óleo de amêndoas: funcionou bem!; gel pra cabelo: FUNCIONOU ÓTIMO! som super limpo, fácil de limpar…amei! nem vou comprar o próprio, hahahaha #menasmain sobre o Angel Sounds, apenas: TENHA. 

O meu Angel Sounds.

O meu Angel Sounds.

Como eu já vinha contando desde que era tentante, enchi de espinhas. Mas ali pela 9a semana, enlouqueceu! Bolinhas o rosto todo, fora as internas, enormes. Ai, gente, acabou com minha auto estima. Sou meio pão dura  ‘econômica’: eu pesquiso, negocio, analiso…então quase sempre demoro a comprar as coisas analisando as opções. Mas como a The já tinha indicado – e parece que é um dos poucos que podem ser usados – comprei um Azelan Gel pra mim. Paguei R$55,00 nesse mesmo de 30g aqui embaixo. Até tentei achar o de 15g (metade do preço) pra testar e não achei, mas vale a pena. Não é aqueeeeela Coca Cola toda que estamos acostumadas com os secativos e tal, mas deu uma melhorada GIGANTE. Mesmo as internas ficam menos irritadas e as outras secaram rapidinho. Li em alguns blogs que levava tempo pra fazer efeito, mas aqui não demorou. Só é ruim que não posso passar duas vezes no dia pq trabalho de make, então só a noite. No primeiro dia pinicou um pouquinho, depois passou; não tem cheirinho e vem bastante na bisnaga. Vale a pena! (cuidado, mamys, um monte de produtos não podem ser usados, mesmo aqueles que usamos a vida toda, fiquem de olho!).

azelangel

Como já comentei, sou fissurada em livros. CA-LA-RO que eu ia querer esse clichêzão, né, minha gente? Aham, até ver ele a R$82,00 + frete. Não pago nem fudendo.  Aí, frequentadora do Skoob que sou, achei UMA única moça que tinha um e queria trocar. Tive que dar dois livros meus em troca, esperar 15 dias (ZZZzzzZZZZ…) e ele chegou. No fim valeu muito a pena, é a edição nova, eu só gastei o frete (aprox R$11,00) e ele está novinho. A leitura é leve, gostosa, separada por meses e eu gostei! Recomendo!

O-que-esperar-quando-voce-esta-esperando

Esses dias perguntei pelo MammyBelt, se alguém conhecia, né? Então, comprei um kit. Ainda nem procurei as calças gestantes, acho que está cedo e em dezembro eu tinha comprado jeans novos, não queria perder logo. Por enquanto só um está começaaaando a incomodar quando sento, então estreei meu kit. Não tirei foto pessoal, mas é pura e simplesmente o que se vê no site da marca. É super confortável, as malhas são gostosas e bonitas e fácil de usar. As minhas são P/M e vai dar pra um bom tempo! Paguei R$69,90 + 13,86 de frete, sendo e-sedex, e chegou aqui MEGA rápido. Recomendo!

Achei sensacional que, enquanto paguei e esperava a compra, o site trocou uma plataforma e não me reconhecia como cliente mais. Mandei um email pro atendimento perguntando como rastreava meu pedido e me responderam EM MINUTOS. Atendimento super rápido, pessoal, caloroso…em tempos de concorrência gritante, bom atendimento é TUDO! Recomendo em dobro! Procurando depoimentos de quem tinha, achei uma grande marca de moda gestante atacando a MammyBelt…achei feio, hihi! =x

mammybelt

E, por último, nesse fim de semana – pq do nada meus seios ficaram GIGANTES, doloridos e pesados – finalmente comprei o Luciara. Li muitas resenhas e, não achei ele grosso, ruim de espalhar não. Eu já tinha hábito de passar hidratante toda noite, ele só quer mais dedicação, espalhar bem e tal (mas quem compra um creme tão caro pra usar de qualquer jeito?!). Não tem cheiro (adorei!) e a pele fica super gostosa depois. Momento de carinho com a barriga! Paguei R$78,00 na Rede Drogasil (na internet se acha mais barato, mas tá valendo).

luciara

Era isso, pessoal. Como vocês podem notar, eu sempre conto o preço das coisas. Gosto de pesquisar, pechinchar, garimpar…pra quando quiser gastar com algo CARO mesmo, me sentir mais livre. #ficaadica, se tiverem alguma pergunta, estou aqui. E vcs, estão consumistas ou ainda controladinhas? Beijo beijo!

um novo primeiro ciclo.

(tô horrorizada que fiz um post e, ele sumiu. e agora eu não sei se lembro de tudo que escrevi.)

depois do último post eu passei uns dias deprê, mesmo. mimimizando, me vitimizando, desanimada. depois passou. e veio uma outra fase. comecei o Farlutal e, tb comecei a ler muito. fui ler sobre a SOP e assuntos relacionados nos fóruns da vida. me joguei no Baby Center, e-family, FB…até que passei pro Google Academics e então teses, pesquisas, artigos, publicações. um dia estive na faculdade e, passei pros livros. nesse dia voltou pra casa comigo um ÓTIMO: Endocrinologia Ginecológica, do Dr Lucas Vianna Machado – o intuito inicial era saber o que esperar da consulta com a endócrina (dia 16/12) nesse caso agora, mas ele tem MUITA informação boa.

sobretudo, achei uma linha de ação em todos os lugares: o uso da metformina. várias pesquisas com o uso da metformina, em doses altas e baixas, metformina isolada, metformina + indutor, entre outros. juntando todas as informações, tomei uma atitude arriscada: tomar a metformina por conta própria. como fiquei com um pouco de medo – ou preguiça? – dos efeitos colaterais mencionados por quase todos (diarréia, enjoos, dor de cabeça), comecei com uma versão XR da metformina, uma versão de liberação prolongada, porém com os mesmos efeitos. só tem 5 dias que estou tomando e, comecei com a forma mais indicada que li em geral: 500mg ao dia, então 1000mg sendo 2x500mg/dia, e então 1500mg 2x750mg/dia). por ora não senti absolutamente NADA de diferente (de ruim). não tive nenhum dos efeitos colaterais, mas sei que pode ser porque a dose ainda está baixa. (pra efeitos de informação, paguei R$11,88 numa caixa com 30 cp, no Glifage XR. e, antes disso, ~R$16,00 no Farlutal com 10 cp.)

Glifage XR 500mg: olha o tamanho desse comprimido!

Glifage XR 500mg: olha o tamanho desse comprimido!

no livro tem um capítulo que fala sobre insuficiência lútea – problemas com a implantação do embrião, devido ao endométrio fino, ou com a manutenção da gestação, devido a defasagem de progesterona – e isso deu um nó na minha cabeça. mas antes que eu comece a tomar um monte de medicamentos por conta própria, acho razoável testar ao menos minha ovulação. nesse meio tempo tenho endócrina e tenho tb uma guia de exames pra TSH e Progesterona que uma amiga médica me arranjou (que ainda vou ver essa semana se a Unimed vai liberar). o exame de progesterona já pode ajuda a desfazer um pouco essa minhoca, mas adianto que em geral estou um pouco mais tranquila esses dias.

em tempo: a prolactina está ok, foi a primeira ‘coisa positiva’ que aconteceu esses dias e me deu um up nos dias em que eu ainda estava mimimizando. ao menos algo bom, né?

aí hoje, antes do esperado (pq terminei o Farlutal ontem, e da outra vez demorou 5 dias pra vir), TCHARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAM: 1DC, começo de um novo ciclo! meu primeiro ciclo com indutor! animadíssima! gente, como explicar tanta felicidade em menstruar, né? *.* pelamor, eu já tava no 53DC o.O

ps.: dia 15/11, pleno feriado, tive um chá de fraldas pra ir. lá tinha 6 grávidas. SEIS. SEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIS.

A Maternidade e o encontro com a própria sombra.

Como quase todas as tentantes, eu leio muito. E, nas minhas leituras, comecei a pesquisar sobre livros ligados à gestação e a maternidade, mas que fugissem do clichê o-que-esperar-quanto-se-está-esperando. Não demorou muito pra que eu encontrasse diversas indicações para o A Maternidade e o encontro com a própria sombra, da Laura Gutman. Li várias resenhas, alguns trechos e primeiro fiquei oscilando com medo de ler e, a viagem ao desconhecido ser tão profunda a ponto de me assustar. Segundo, como já mencionei antes, estou numa fase pão dura – a real, gente, é que comprar uma casa é um troço muito caro! Se vc resolve comprar a casa no mesmo ano que comprou seu primeiro carro, e ainda quis o carro zero, jesus, a sensação de vou-falir é enorme! mas, voltando – e só encontrava o livro + frete por valores entre R$40 e 55 reais.

Eu sou uma leitora voraz. Entre meus sonhos está o de ter um dia minha própria mini-biblioteca. Atualmente, sem ler, eu tenho 26 livros novos, e há cerca de um ano, prometi que só compraria livros novamente quando eu terminasse esses. Em todo caso, sempre vigio promoções, sebos e me recuso a pagar mais de R$40 em um livro – é só garimpar que acha por menos! Por essas e outras fui enrolando e não comprei.

Até que essa semana, por acaso, encontrei ele com o preço ~24,00! Em duas lojas online, Ponto Frio e Casas Bahia. O Ponto Frio saiu ganhando com menos de 3 reais de frete! Pensei, repensei, e apesar de estar apertada, fiquei com muita dó de deixar passar. Comprei! E rapidinho o livro chegou! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH o cheiro de livro novo! ♥

 

maternidade laura gutman

 

Comecei a leitura, meio exitante, acho que se estivesse prenha eu sentiria tudo com mais…veracidade. Mas o que temos pra hoje é ser tentante, então vou ler assim mesmo. Pra começo de história posso dizer que é uma leitura intensa! Quem estiver afim do livro, corre! Ainda tá com o preço bom em alguns lugares!

 

Eu fui sim ao GO e volto pra contar como foi ainda essa semana, obrigada pelo apoio e opiniões de vocês! Estou no 29DC do 2 Ciclo e, eu sei, eu sinto (daquela forma que as grávidas não sabem explicar como souberam que estavam grávidas) que não foi nesse ciclo tb, então só me resta torcer pra esse ciclo terminar no 33DC como no anterior pra eu começar a me organizar comigo mesma e estabelecer um ‘regular’, por enquanto.

 

Bjos!

D.