então, é Natal.

Nunca gostei muito de Natal. Esse ano minha família se reuniu ruidosamente e foi razoável. Ontem li muito a Bíblia e pedi muito a Deus que me dê um sinal – estava tão aborrecida, já inchada e cheia de espinhas de ter começado a progesterona pra menstruar. Hoje eu estou beeem inchada mesmo! Incomoda tanto, mas a gente pensa que tudo bem, é o começo de um começo de um novo ciclo e isso enche de fé!

E entrei na internet pra ver o resultado do estradiol e da prolactina. Aí veio o baque: estradiol alto, prolactina altíssima. Foi um baque, estou chocada. Fiz esse exame há um mês e meio e estava tudo ok.

Não sei o que pensar. De tanto pedir um sinal pra Deus, estou ficando confusa sobre o que é e o que não é um sinal. Tô muito chateada mesmo. Vou orar e cair na cama, mas me senti esmorecida. Talvez, agora, aos 28, eu descubra que não são todas as coisas que eu me proponho a fazer que vão dar certo. Ter um filho será uma dessas?

A SOP, os exames (são muitos!), inchaço, acne, ganho de peso, ciclos intermináveis, ser refém de horários médicos a perder de vista, médicos que se contradizem e etc…meu deus. Será mesmo que precisa passar por tudo isso?

Anúncios

a SOP e a consulta com a endócrina.

Olás! Voltei hoje pra contar como foi a consulta com a endócrina.

Minha endócrina é jovem e antenada e me ajudou muito uma época que perdi peso por estética. Como vocês sabem, por conta da SOP, voltei lá essa semana. Vou atualizar por tópicos pra não me perder:

*Exames: ela ficou aborrecida do GO não ter passado todos os exames antes, com meu organismo ‘bagunçado’, sem indução, sem progesterona, pra ter o diagnóstico da SOP fechadinho…mas que tudo bem. Me passou UM MONTE de exames, as dosagens hormonais – FSH, LH, Testosterona, Estradiol – os de tireoide, hemograma completo, prolactina de novo e alguns outros. Não pediu ultra pq se tomei indutor e não ovulei, tem folículo sem romper = cistos. Os de tireoide e de sangue em geral já saiu o resultado, estão todos ok. Faltam os hormonais (FSH, LH, Testosterona) e amanhã vou colher o Estradiol e a Prolactina de novo.

*A metformina: estou com 1g/dia, sendo 2x 500mg, um após o almoço e um após o jantar. Ela pediu pra alterar pra 2g/dia: um cp meia hora antes do almoço, um após e o mesmo com o jantar. Pra continuar com a versão XR que é a melhor que tem, mas que essa dosagem podia me dar diarreia, então se der, diminuir. E conversou comigo a questão da gravidez, que a maior parte dos médicos são conservadores e não são a favor do uso dela – que então vou alinhar isso com meu GO. Que se descobrir uma gravidez, reduzir pra meia dose até ver meu médico. Conversou sobre os benefícios dela e tal, pediu curva glicêmica. Ainda não fiz a alteração.

*O peso: a pior parte. Me pediu pra perder entre 4 e 5kg. Eu estou com 59,6kg e uma barriguinha. Perder 5 kg pra mim é muito difícil! Refez minha dieta, me passou dois sucos detox, e comentou que o indutor vai me fazer reter líquido e provavelmente ganhar peso – e só por isso eu estou considerando me empenhar em perder algum peso, pra não ficar ainda mais cheinha. Eu fiquei bem chateada no dia com essa história de dieta, viu? Acho um saco! Fiquei tão chateada que saí e comi um Burger King ahahuahuahauah

Adiei a volta da progesterona (pra menstruar) até terminar de fazer os exames. Consegui marcar a GO especialista em reprodução humana pra dia 16/01 (pelo plano!), vou estar no meio do segundo ciclo induzido, mas não faço a menor ideia do que vou dizer pra ela! D sabe dos exames e da consulta com a endócrina, mas não tudo de pertinho-pertinho, deixar ele respirar tb. É muito exame, muita informação, muita coisa.

Acho que não volto antes do Natal, mas volto antes do Ano Novo. Quero fazer minhas promessas e registrar no blog o sonho de carregar meu sonho na barriga em 2015.  😉

Tô morrendo de ódio com meu computador, finalizei o post do celular. Assim que der volto pra retribuir todas as visitas!

um novo primeiro ciclo.

(tô horrorizada que fiz um post e, ele sumiu. e agora eu não sei se lembro de tudo que escrevi.)

depois do último post eu passei uns dias deprê, mesmo. mimimizando, me vitimizando, desanimada. depois passou. e veio uma outra fase. comecei o Farlutal e, tb comecei a ler muito. fui ler sobre a SOP e assuntos relacionados nos fóruns da vida. me joguei no Baby Center, e-family, FB…até que passei pro Google Academics e então teses, pesquisas, artigos, publicações. um dia estive na faculdade e, passei pros livros. nesse dia voltou pra casa comigo um ÓTIMO: Endocrinologia Ginecológica, do Dr Lucas Vianna Machado – o intuito inicial era saber o que esperar da consulta com a endócrina (dia 16/12) nesse caso agora, mas ele tem MUITA informação boa.

sobretudo, achei uma linha de ação em todos os lugares: o uso da metformina. várias pesquisas com o uso da metformina, em doses altas e baixas, metformina isolada, metformina + indutor, entre outros. juntando todas as informações, tomei uma atitude arriscada: tomar a metformina por conta própria. como fiquei com um pouco de medo – ou preguiça? – dos efeitos colaterais mencionados por quase todos (diarréia, enjoos, dor de cabeça), comecei com uma versão XR da metformina, uma versão de liberação prolongada, porém com os mesmos efeitos. só tem 5 dias que estou tomando e, comecei com a forma mais indicada que li em geral: 500mg ao dia, então 1000mg sendo 2x500mg/dia, e então 1500mg 2x750mg/dia). por ora não senti absolutamente NADA de diferente (de ruim). não tive nenhum dos efeitos colaterais, mas sei que pode ser porque a dose ainda está baixa. (pra efeitos de informação, paguei R$11,88 numa caixa com 30 cp, no Glifage XR. e, antes disso, ~R$16,00 no Farlutal com 10 cp.)

Glifage XR 500mg: olha o tamanho desse comprimido!

Glifage XR 500mg: olha o tamanho desse comprimido!

no livro tem um capítulo que fala sobre insuficiência lútea – problemas com a implantação do embrião, devido ao endométrio fino, ou com a manutenção da gestação, devido a defasagem de progesterona – e isso deu um nó na minha cabeça. mas antes que eu comece a tomar um monte de medicamentos por conta própria, acho razoável testar ao menos minha ovulação. nesse meio tempo tenho endócrina e tenho tb uma guia de exames pra TSH e Progesterona que uma amiga médica me arranjou (que ainda vou ver essa semana se a Unimed vai liberar). o exame de progesterona já pode ajuda a desfazer um pouco essa minhoca, mas adianto que em geral estou um pouco mais tranquila esses dias.

em tempo: a prolactina está ok, foi a primeira ‘coisa positiva’ que aconteceu esses dias e me deu um up nos dias em que eu ainda estava mimimizando. ao menos algo bom, né?

aí hoje, antes do esperado (pq terminei o Farlutal ontem, e da outra vez demorou 5 dias pra vir), TCHARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAM: 1DC, começo de um novo ciclo! meu primeiro ciclo com indutor! animadíssima! gente, como explicar tanta felicidade em menstruar, né? *.* pelamor, eu já tava no 53DC o.O

ps.: dia 15/11, pleno feriado, tive um chá de fraldas pra ir. lá tinha 6 grávidas. SEIS. SEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIS.